terça-feira, junho 04, 2013

Manjerico


Hoje a minha mulher trouxe este manjerico para casa e que lembranças me trouxe no momento em que o vi.Quase que lhe sinto o cheiro, aquele cheiro que se sente com a passagem da mão por cima dele, do manjerico, típico nesta altura pelas festas de Lisboa.
Recordo-me que, há mais de 30 anos, por esta altura oferecia um com amor e amizade, há minha comadre Ana Veloso. O tempo passou e nem me dei conta disso. A vida corre mas, mesmo assim, de repente paramos no tempo e relembramo-nos de tempos idos que não voltam mais mas, mais importante do que não voltarem, é que perduram nas memorias do tempo, das pessoas intervenientes.
Ana, desta vez, e passados estes anos todos, ofereço-te mais uma vez, um manjerico. Passa a mão por cima e sentirás o cheiro, aquele cheiro doce e suave que só os manjericos nos transmitem, talvez por serem as festas ou porque Alcântara este ano vai ficar em 1º lugar nas marchas.


1 comentário:

Diario de Uma Attrevida disse...

eu achei bem interessante a postagem, pois manjericão é um dos meus temperos favoritos. e é bem legal saber que você se recorda de algo bem engraçado.